Patrimônio Parque dos Campeonatos
Sede
Parque dos Campeonatos
CT Ribamar Bezerra
Inaugurado em 21 de junho de 1962, o Estádio Alcides Santos, também chamado de Parque dos Campeonatos, está completando 50 anos. Maior estádio particular do futebol cearense, comporta atualmente um público de 7.150 pessoas, mas existe um projeto para ampliar sua capacidade para 12 mil lugares.

Motivo de orgulho para a Maior Torcida do Estado, o Parque dos Campeonatos se encontra em fase de reforma, trabalho que permitirá em breve que o Tricolor de Aço volte a sediar jogos oficiais de menor porte no seu” habitat natural” que é o Pici, onde já aconteceram inclusive jogos pela Copa do Brasil, com o Leão do Pici vencendo o Guarani de Campinas/SP, pelo placar de 2 a 0, com gols de Tatu e André Turatto, sendo esse o primeiro jogo de uma competição nacional realizado no local, em partida disputada no dia 12 de março de 2010.

Localizado na Avenida Senador Fernandes Távora, 200, - Pici, teve o maior público de sua história em jogos oficiais, no dia 12 de janeiro de 2011, na estreia do Leão no Estadual daquele ano. Na ocasião o Fortaleza venceu o Tiradentes por 2 a 1, com um público de 7.150 pagantes. Já o jogo inaugural foi entre Fortaleza e Usina Ceará, em junho de 1962, terminando com o placar de 2 a 1 para o Leão. Vale ressaltar que o primeiro jogo oficial realizado no Pici foi em 12 de março de 2008, válido pelo Campeonato Cearense daquele ano, com o Fortaleza empatando em 3 a 3 com o Itapipoca.

Breve histórico

Em 1957, o então presidente do Fortaleza, Carlos Rolim Filho, resolveu reunir sua diretoria para definir a compra de um terreno para a construção de um estádio para o Tricolor de Aço. Aprovada a compra, sua primeira atitude foi visitar o primeiro presidente da história do clube, Alcides Santos, quando lhe comunicou oficialmente que o mesmo seria homenageado, dando nome ao mais importante patrimônio do Fortaleza, que passou a se chamar Estádio Alcides Santos.

Falecido em 1998, Carlos Rolim Filho deixou esse grande marco na história do Tricolor de Aço, um estádio que é motivo de orgulho para os tricolores, contando hoje com uma grande estrutura, fruto do trabalho determinado de outro grande abnegado, o ex-presidente Manoel Guimarães, um dos grandes responsáveis pela capacitação do Alcides Santos para jogos oficiais.

O ex-presidente Carlos Rolim Filho, o homem que comprou o Alcides Santos, também recebeu uma justa homenagem pelo seu amor e dedicação ao Fortaleza, dando nome à Sala de Imprensa do clube. O espaço foi construído pelo seu filho, o construtor José Rolim Machado, em 2008, e ainda hoje é considerada uma das mais modernas e funcionais do País, sendo inclusive principal ponto de visitação para quem vai ao Parque dos Campeonatos.

Parabéns ao Estádio Alcides Santos pelos seus cinquenta anos. Parabéns também a todos aqueles que ao longo da história, contribuíram para o crescimento dessa importante praça de esportes, que representa muito para o futebol cearense.
MRV Cimento Apodi Embracon ProTork Unimed Fortaleza
Governo do Estado Futebol Melhor