Linha de Tempo Cronologia
Cronologia
Alcides Santos
Stella FC
Fortaleza EC
Cronologia
Títulos
Curiosidades

1933



Em 27 de agosto de 1933, no Campo do Prado, o Fortaleza vence o Ceará por 2x1 e é campeão. Ano do artilheiro Bila, o primeiro que se tem registro em nosso futebol. Ele fez 12 gols.

1934



Em 25 de novembro do mesmo ano, o Fortaleza vence o América, no Campo do Prado, sagrando-se bi-campeão. O artilheiro Bila também é bi. Bi-artilheiro, com 16 gols

1937



No dia 15 de agosto de 1937 o Fortaleza vence o Ceará por 7x6, no campo do Prado, conquistando o campeonato cearense.

1938



Em 22 de janeiro de 1939, o já conhecido Tricolor de Aço vence o Maguari por 7x4, e sagra-se bi-campeão cearense de futebol. Ano do artilheiro Mundico, com 28 gols.

1946



Ano de muitos acontecimentos para o Tricolor de Aço. Mudamos de nome. Por decreto presidencial, as palavras estrangeiras foram retiradas do nome do clube. De Fortaleza Sporting Club, passamos a ser Fortaleza Esporte Clube. Fomos campeões cearense, ao vencer, no dia 18 de agosto, o Luso por 8x1. Nosso time era formado por: Juju; Stênio e Zé Sergio; Jorge, Arrupiado e Vianinha; Carrim, Adalberto, França, Idalino e Piolho. O artilheiro foi França, com 11 gols. Também fomos, nesse ano, o primeiro campeão do Nordeste, em Natal, onde o atacante velocista Jombrega fraturou a perna. Vencemos o América de Natal na final.

1947



O cearense de 47 foi confuso. Fortaleza e Ferroviário terminaram o campeonato empatados na pontuação geral. Houve dois jogos extras. No primeiro, deu Fortaleza por 4x1. O segundo, dia 22 de fevereiro, no estádio Municipal (que depois seria conhecido como PV), estava empatado em 3x3, quando o Ferroviário abandonou a partida. Resultado: Fortaleza bi-campeão 1946-47. Tínhamos: Juju; Saraiva e Airton; Sapenha, Deim e Natal; Aluísio, Carlinhos, França, Piolho e Antonino. O artilheiro novamente foi França, com 12 gols.

1949



No dia 19 de março, o Fortaleza venceu o Ferroviário por 1x0 no Estádio Municipal. Como o Tricolor de Aço precisava vencer por uma diferença maior, houve uma prorrogação, que terminou empatada em 1x1. Por desistência do Ferroviário, o Fortaleza se sagrou campeão de 1949. O artilheiro foi Antonino, com 10 gols.

1953



Fortaleza e Ferroviário mais uma vez fazem a final cearense. Em 28 de março, eles empataram em 0x0. Na prorrogação, 2x1 para o Fortaleza, campeão de 1953. O artilheiro da competição foi o inigualável Moésio Gomes, com 18 gols.

1954



Em 25 de abril, o Fortaleza empata com o América, no Presidente Vargas (PV) e sagra-se bi-campeão. O artilheiro mais uma vez foi Moésio Gomes, com 11 gols, se tornando tri-artilheiro (1952/53/54).

1957



Carlos Rolim Filho comprou uma área de 30 mil metros quadrados, no Joquey Clube. No dia 21 de julho, é inaugurado o Estádio Alcides Santos, no Pici.

1959



Em 29 de novembro, Fortaleza e Ceará empatam em 0x0 no PV. O resultado garantia o titulo para o Tricolor de Aço. O artilheiro foi Bececê, com 21 gols.
1 2 3 4 5 6
MRV Cimento Apodi Embracon ProTork Unimed Fortaleza
Governo do Estado Futebol Melhor